Vídeo: estudante da EMERJ é vítima de tentativa de homicídio após encontro na Barra da Tijuca; suspeito é procurado!

Diminua até 40% nos Contratos de Financiamento. Aproveite e Baixe o Valor das Prestações do seu Automóvel Hoje!

Vídeo: estudante da EMERJ é vítima de tentativa de homicídio após encontro na Barra da Tijuca; suspeito é procurado!

Sem tempo para ler? Ouça o Post aqui...
Getting your Trinity Audio player ready...
estudante emerj vitima tentativa homicidio encontro barra tijuca suspeito procurado

VIRAM ESSA? 😱 Em um caso que chocou a comunidade do Rio de Janeiro, um
estudante da Escola de Magistratura do Estado (EMERJ) sofreu uma
tentativa de homicídio na madrugada do dia 12 de janeiro, após um encontro que
começou na Gávea e terminou em violência na Barra da Tijuca. A vítima, que
reside em Niterói, encontrou-se com o agressor em um contexto inicialmente
amigável, que se transformou em um cenário de terror e violência, como mostram as imagens em vídeo do carro no momento do estrangulamento.

Sobre o Caso

O encontro entre o estudante e o suspeito começou de maneira casual, com ambos
se conhecendo em uma festa no Jockey Club, seguindo para uma boate na Barra da
Tijuca que estava prestes a fechar. Decidiram, então, comprar bebidas em um
posto de gasolina. A noite, que tinha tudo para ser de celebração, desviou-se
para um cenário macabro na Rua Manoel Brasiliense.

Após um momento íntimo entre os dois, como mostram as imagens do vídeo, o
suspeito iniciou um ataque brutal, enforcando o estudante com o cinto de
segurança até que este desmaiou.
“Em nenhum momento ele demonstrou agressividade. Mantivemos uma conversa
amena e tudo mais. Contudo, ao parar o carro em uma rua, ele iniciou um ataque
brutal. Fui severamente espancado. Em todo o momento, tentei escapar daquela
situação. Foi então que ele usou o cinto de segurança para me estrangular até
eu perder a consciência”
, relatou a vítima, detalhando a violência sofrida e acredita que o agressor
pensou tê-lo assassinado, fugindo com seus pertences pessoais.

As investigações, conduzidas pela 16ª DP (Barra da Tijuca), ainda não levaram à
identificação do agressor, apesar da divulgação de um cartaz com seu rosto e do
apelo à população para informações que possam levar à sua captura. O estudante,
por sua vez, expressou seu trauma e ansiedade sabendo que o criminoso ainda está
livre, temendo que outras pessoas possam sofrer o mesmo destino.

Detalhes Adicionais

Para mais informações ou caso possua dados que possam auxiliar na investigação,
entre em contato com o Disque Denúncia pelo número
(21) 2253-1177. A colaboração da população é fundamental para a resolução
desse caso perturbador.

Veja o vídeo!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + catorze =

Descubra mais sobre Programa Revisional 2.0

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading