OABRJ vai colaborar com conselhos de Direitos Humanos em iniciativas relativas aos impactos de desastres climáticos

Diminua até 40% nos Contratos de Financiamento. Aproveite e Baixe o Valor das Prestações do seu Automóvel Hoje!

OABRJ vai colaborar com conselhos de Direitos Humanos em iniciativas relativas aos impactos de desastres climáticos

Sem tempo para ler? Ouça o Post aqui...
Getting your Trinity Audio player ready...
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas

Em reunião na tarde de quinta-feira, dia 29, a OABRJ e os conselhos Nacional de Direitos Humanos (CNDH) e Estadual de Defesa dos Direitos Humanos (Conedh) se comprometeram a colaborar em iniciativas que visem minorar os impactos das mudanças climáticas sobre populações vulneráveis. 

Presidente da Seccional, Luciano Bandeira ressaltou que o interesse da Ordem no tema não se dá somente pelo viés jurídico, mas também, pelo social.

“A OABRJ está aberta e pronta para participar de um projeto que vise direitos fundamentais à vida. O Rio é um estado que historicamente tem o agravante das fortes chuvas e, infelizmente, todos os anos acontecem sérios desastres”, declara o presidente. 

Ao lado de Luciano estiveram o assessor da Presidência da OABRJ, Carlos André Pedrazzi; o conselheiro seccional Marcos Luiz de Souza; e os integrantes da Comissão de Direito Internacional (Cdint): o presidente, Carlos Nicodemos; a vice, Charlotth Back; e a secretária-geral Maria Fernanda Fernandes, também membro da Comissão de Litigância Estratégica do CNDH.

Os presidentes dos conselhos Nacional de Direitos Humanos, Marina Dermmam, e Estadual, Sidney Teles, ressaltaram as dificuldades de se promover iniciativas de direitos humanos em locais mais afastados dos grandes centros urbanos do estado e do país.

“Os desafios são enormes. Estamos de visita ao Rio dentro da missão de prevenção dos impactos das mudanças climáticas. Uma série de direitos humanos são potencialmente violados, como saúde, moradia, trabalho e alimentação. Acredito que trabalhando de forma conjunta com a OABRJ e outras instituições, iremos adiante nesse projeto”, disse Marina.

Local de Exibição: 
Fonte/Autor: 
Biah Santiago
Oculta das Listagens: 
Não

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + um =

Descubra mais sobre Programa Revisional 2.0

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading