Comissão Especial de Perícias toma posse na OABRJ

Diminua até 40% nos Contratos de Financiamento. Aproveite e Baixe o Valor das Prestações do seu Automóvel Hoje!

Comissão Especial de Perícias toma posse na OABRJ

Sem tempo para ler? Ouça o Post aqui...
Getting your Trinity Audio player ready...
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas
Foto: Flávia Freitas

Na tarde desta sexta-feira, dia 1º de março, a OABRJ empossou a Comissão Especial de Perícias (Cesp), que tem como objetivo o estudo da legislação e dos problemas que cercam este campo forense, bem como a promoção de debates. A cerimônia contou com transmissão ao vivo pelo canal da Seccional no YouTube, clique aqui e assista quando quiser. 

Desirée Aquino tomou posse como presidente e citou a importância de investimento nesta área da advocacia. A expectativa da advogada é que o trabalho da comissão deixe um legado aos colegas do sistema jurídico.

Ao seu lado, foram empossados o vice-presidente e secretário-geral da comissão, Felipe de Barros e Marcelo Vinicius Pinheiro, respectivamente, além de outros integrantes da Cesp.

O presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da OABRJ, Carlos Alberto Direito, prestigiou a ocasião.

“A comissão vem em um momento importante de valorização das perícias, pois vemos um cenário de desqualificação do trabalho realizado por quem se dedica à área pericial”, avaliou.

“A perícia não define o resultado, mas é ela que conduz todo o processo do mais próximo do justo. Essa iniciativa auxiliará muito o TED em uma esfera carente dentro do sistema da OAB”.

A presidente do grupo equivalente na OABSP, Mônica Chrystie, diz que a matéria ainda precisa de união entre os setores jurídico e pericial.

“A etapa de provas define muito o resultado final. Para os peritos, é importante entender a conexão da área com a advocacia e o Judiciário, e vice-versa”, disse Mônica.

“Em São Paulo, encaramos o trabalho levando em conta a multidisciplinaridade, a troca de informações entre os atores periciais de diferentes profissões. A atuação da comissão irá além dos estudos, será um trabalho de integração entre as seccionais e a área de perícia”.

Também compuseram a mesa do evento a secretária-adjunta do TED, Maria Adélia Campello, e o professor e perito criminal federal aposentado, Samuel Feuerharmel, que abordou, em palestra, as conclusões de laudos periciais grafotécnicos.

“Esse é o tema mais controverso de nossa área”, declarou o professor.  Ao meu ver, não existe uma conclusão perfeita e é possível padronizar as conclusões, mas é preciso tomar cuidado para não deixar o resultado confuso e complexo”.

Subtítulo: 
Grupo visa despertar interesse da advocacia sobre a área forense
Local de Exibição: 
Fonte/Autor: 
Biah Santiago
Oculta das Listagens: 
Não

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 16 =

Descubra mais sobre Programa Revisional 2.0

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading